Exercício Destruidor de Gordura

Atualmente podemos dizer que o agachamento é um dos exercícios mais completos, e isso se deve ao fato de ser um exercício integrado, ou seja, recruta mais de um grupo muscular durante a sua execução. De um modo geral ao executarmos o agachamento, trabalhamos membros inferiores e a região do tronco. Mas nem sempre foi assim, durante décadas foram cultivadas crenças e algumas opiniões infundadas, baseadas em conhecimento não científico.

Alguns mestres em treinamento já classificaram o agachamento como um exercício extremamente perigoso e danoso aos joelhos, mas na verdade já sabemos que não é bem assim, pois, é um exercício que reproduz um movimento considerado básico para o ser humano. O agachamento é extremamente importante para as pessoas que esperam bons resultados em seu treinamento, como ele reproduz um padrão motor básico de qualquer pessoa (observem que os bebês agacham de maneira correta), ele pode ser usado por praticamente qualquer indivíduo desde que este não apresente problemas articulares ou lesões que podem ser agravadas. Mas de um modo geral, esse exercício só traz benefícios quando executado de maneira correta, independente do objetivo que o indivíduo quer alcançar, o agachamento é fundamental.

Grandes músculos ativados é o que ele proporciona, o movimento completo do agachamento é composto por uma flexão de joelho e uma flexão de quadril, seguidos consequentemente por suas extensões, então temos três grupos musculares altamente exigidos, isso levando em consideração o movimento correto é claro. Outra vantagem é o elevado gasto calórico, como ele atua sobre três grandes grupos musculares, logo teremos um elevado gasto calórico e isso é visível quando as pessoas saem de um treino de pernas, praticamente esgotadas, além do mais quando temos o aumento da massa muscular nos glúteos, quadríceps e isquiotibiais, logo temos um aumento considerável do metabolismo basal, fundamental para quem quer emagrecer. Outra coisa importante em relação a esse exercício é que mesmo o indivíduo que não quer emagrecer e nem obter hipertrofia, ele deve fazer agachamentos, isso porque ele melhora e muito a funcionalidade de qualquer pessoa, pois atua em grandes músculos melhorando a flexibilidade e o equilíbrio, garantindo futuramente uma velhice mais ativa. Caso ainda esteja em dúvida dos benefícios desse exercício, então vamos falar de abdômen. O agachamento apresenta elevados níveis de ativação muscular do abdômen, e por mais que pareça uma coisa absurda, ele pode ser mais efetivo que o próprio abdominal tradicional, que muitas pessoas não gostam ou têm preguiça de fazer, logo agachar seria uma alternativa. Além disso, o agachamento tem forte atuação sobre os músculos paravertebrais da região lombar, atuando de maneira estática sobre eles e melhorando aspectos ligados a postura, portanto o agachamento atua basicamente sobre quatro grandes grupos musculares.

Depois de alguns estudos relacionados aos movimentos do corpo (biomecânica) a ciência ajudou a tirar aquela imagem de “vilão” dos treinos e hoje podemos dizer com toda certeza que o agachamento é fundamental em qualquer treino independente do objetivo a ser alcançado, pois, é um exercício que favorece a estabilização em todas as articulações envolvidas, tanto joelho, tornozelo, quadril pelve e coluna vertebral, pois não se restringe somente aos músculos dos membros inferiores. Trata-se de um exercício completo e complexo, que além de fortalecer membros inferiores, trabalha a região do CORE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *